quinta-feira, 6 de dezembro de 2007

O sagrado e o profano

Preencheram o formulário do meu site para perguntar se eu tinha lido (detalhe, lido!!!) o livro São Cipriano.... além de saber se eu tinha lido o livro, a pessoa queria saber se eu tinha feito os feitiços do livro e, pasmem, se eles tinham dado certo!!!

Eu leio bastante, fui acostumado a isso desde criança, sempre estou com um livro na mão, porém se fosse ler tudo o que eu tenho para venda não faria mais nada na minha vida, mas o que me pasma no e-mail é que eu não tenho o dito livro para venda no meu site!!! O que passa na cabeça de uma criatura para mandar um e-mail desses para o primeiro sebo que vê pela frente?!?!?!

Fui pesquisar do que se tratava tal obra, é um livro de feitiços mesmo! E pior, a loucura é tanta que existe mais de um, além do "Verdadeiro livro de São Cipriano" ainda tem o São Cipriano Capa Preta, o Capa Branca e o Capa de Aço e um outro que seria só "São Cipriano", que parece ser o falsificado... ainda mais essa! Num fórum do yahoo tem quem jure que toda a bruxaria só funciona se o aprendiz de feiticeiro comprar os três livros corretos e interpretar seu código secreto... um deles está por ai para venda por R$ 300,00.... Acho que vou mudar a temática da livraria... quem liga para assuntos brasileiros?!?!? Quem quer ganhar dinheiro parece ter que, neste ramo, enveredar pelo misticismo, auto-ajuda, ou qualquer coisa esotérica do gênero, como bem nos mostra o Acadêmico Paulo Coelho e a Nova Fronteira, que ao completar quarente anos criou um selo editoral só para a linha de auto-ajuda... acho que estou teimando em vender o tipo de livro errado....

Juro que dá vontade de escrever para a pessoa dizendo que se eu tivesse lido o livro e tivesse feito os feitiços e eles tivesse dado certo, com certeza não estaria diante de uma tela de computador, embasbacado perante os e-mails que recebo. Mas não, o bom livreiro não pode nunca perder a compostura, o destino dele é morrer de câncer no estômago de tanto sapo engolido... isso os mais antigos, aos mais novos restam os blogs....

Novos...tenho 35 anos e estou escrevendo esse texto ouvindo Nat King Cole... não o convencional, mas músicas que ele gravou em espanhol.... não dá para ser jovem trabalhando com livros antigos... mas em compensação tenho do meu lado a tecnologia! Ah, que bela coisa, a tecnologia na nossa vida, como se mais nenhuma complicação tivéssemos. Estou, folgadamente escrevendo este post na minha cama, com um notebook no colo, quer coisa mais hight tec que isso? Eu queria! Junto com ele comprei um router wi fi, para unir a rede que já tenho instalada com ele e assim me conectar a internet, sem a necessidade de um cabo... A empresa de onde comprei mandou-me tudo, menos um router que funcionasse, e nessa estou aguardando já 72hs para que eles me entreguem um que funcione...quando na propaganda, enganosa, dizem que em um dia útil qualquer problema será resolvido... Mas na realidade minha ansiedade tem outro motivo... sou do tempo do mimeógrafo, do fliperama, do King Kong no Playcenter, de empinar pipa na rua e apostar corrida de bicecross... ta certo, vi os primeiros joguinhos de computador, conheci o Odisey e finalmente, o que durou um pouco mais de tempo, o Atary... mas todos eles tinham fio!!! Com essas coisas tecnológicas sou como São Tomé, só acredito vendo...Falando em Santo, se eu conseguir o livro do São Cipriano vou ver se ele tem alguma mandinga para rede sem fio, afinal, se o cara é bom, deve ter previsto o futuro também ;-)

3 comentários:

Pedro disse...

Nat em espanhol... Bem jovial...

Pux, que já ouvi falar desse livro, mas não me recordo de onde.

Espero que seus visitadores sejam melhores da próxima vez, afinal ninguém merece ler um e-mail como esse.

Abraços.

Anny disse...

Então, não sei como cheguei aqui. Estava no blog do Alessandro Martins e peguei um link. Cheguei aqui e dei tanta risada com seu post...que resolvi comentar. Muito bom ler vc. Acabei de descobrir como cheguei aqui. Vim no link de Pedro(acima que comentou em Alessandro). Tá explicado?
Gostei do seu bom humor. Livro de feitiçaria, hem? E o povo ainda procura isto.Rssss!

Anny disse...

Então, não sei como cheguei aqui. Estava no blog do Alessandro Martins e peguei um link. Cheguei aqui e dei tanta risada com seu post...que resolvi comentar. Muito bom ler vc. Acabei de descobrir como cheguei aqui. Vim no link de Pedro(acima que comentou em Alessandro). Tá explicado?
Gostei do seu bom humor. Livro de feitiçaria, hem? E o povo ainda procura isto.Rssss!